Família Costa Cabral

Description level
Fonds Fonds
Reference code
PT/TT/FCC
Title type
Atribuído
Date range
1710 Date is certain to 1874 Date is certain
Dimension and support
45 cx. e um conjunto de mapas (6 m.l.); papel
Biography or history
A família Costa Cabral era oriunda de Algodres (Beira Alta). Dois membros desta família, António Bernardo da Costa Cabral e José Bernardo da Costa Cabral, filhos do conselheiro António Bernardo da Silva Cabral, foram destacados políticos do século XIX.

António Bernardo da Costa Cabral (1803-1889), licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra, dedicou-se à causa liberal o que o obrigou a exilar-se no estrangeiro, só tendo regressado a Portugal após o triunfo de D. Pedro IV. Em 1833 foi em missão oficial aos Açores, onde esteve três anos. Aderiu à revolução de Setembro, teve papel activo na Belenzada e na Revolta dos Marechais, e após a entrada em vigor da Constituição de 1838, foi ministro da Justiça. Em 1842 encabeçou a revolução Cartista no Porto e proclamou a Carta Constitucional abolida em 1836. Foi ministro do Reino do novo governo até 1846, data em que teve de se exilar devido à Revolução da Maria da Fonte. Foi uma figura de primordial importância na sua época e a ele se devem, entre outras medidas, a publicação do novo Código Administrativo, a reorganização da Guarda Nacional, a reforma das câmaras municipais, a reforma dos estudos liceais, a abertura de estradas, a construção do Teatro de D. Maria II. De regresso ao país foi presidente do Conselho (1849) de onde saiu pela revolta do Marechal Saldanha, em 1851. A partir da Regeneração dedicou-se à diplomacia tendo sido ministro no Brasil e embaixador na Santa Sé. Foi grão mestre da Maçonaria (desde 1841), em 1845 foi-lhe concedido o título de Conde, e em 1878 foi feito marquês de Tomar.

José Bernardo da Costa Cabral (1801-1869) licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra, irmão de António Bernardo da Costa Cabral foi seu activo colaborador e um dos chefes do cartismo nortenho. Exerceu os cargos de juiz do Supremo Tribunal de Justiça, de governador civil no Porto e em Lisboa; substituiu, interinamente, António Bernardo nas pastas da Justiça e do Reino. A revolução da Maria da Fonte obrigou-o ao exílio, tendo regressado em 1847.

O 2º Conde de Tomar, António Bernardo da Costa Cabral (1835-1905), filho de António Bernardo da Costa Cabral, casou com D. Sofia Adelaide Dias e Sousa, filha de Bartolomeu dos Mártires Dias e Sousa, fidalgo da Casa Real, grã cruz da Ordem de S. Gregório Magno, da Santa Sé, e comendador das de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa, de Santiago e de Carlos III, de Espanha.
Acquisition information
Documentação doada à Torre do Tombo por D. Sofia Maria Costa Cabral de Macedo e D. Maria José Costa Cabral de Macedo, em 1971.

Correspondência (20 cartas) dirigida a José Bernardo da Silva Cabral adquirida por compra (Biblarte), em 1981.

Em 2007, em Abril, foi adquirido ao Palácio do Correio Velho, Soc. Comercial de Leilões, S.A., no Leilão n.º 179 de livros e manuscritos, um lote com centenas de cartas.
Scope and content
Uma parte do fundo é constituída por documentação de António Bernardo da Costa Cabral, conselheiro e ministro de Estado, presidente do Conselho de Ministros (Arquivo A). Inclui correspondência recebida de várias personalidades políticas (1835-1875), reportando-se a eleições (1835, 1875, 1838 e 1842), bem como de eclesiásticos e diplomatas estrangeiros. De salientar o registo de correspondência como ministro plenipotenciário no Rio de Janeiro sobre o ultramar português, tratados e relações com potências sul americanas (1859-1860), e como embaixador na Santa Sé, dirigida ao ministro secretário de Estado dos Negócios Eclesiásticos, ao ministro dos Negócios Estrangeiros (1876-1879), e, ainda, documentação sobre a Junta Provisória de 1842 e o registo de expediente da Secretaria Geral da Guarda Nacional em 1838.

A esta documentação foi junto um conjunto de cartas recebidas por José Bernardo da Costa Cabral, irmão de António Bernardo da Costa Cabral (1845-1858).

Outra parte (Arquivo B) reporta-se à documentação de Bartolomeu dos Mártires Dias e Sousa, oficial maior graduado da Secretaria dos Negócios Eclesiásticos e da Justiça, sogro do 2º Conde de Tomar). Inclui documentação sobre as relações de Portugal com a Santa Sé: Padroado Português no Oriente (1834), Concordata com a Santa Sé (1857); correspondência recebida de eclesiásticos, políticos, literatos e Ministros da Justiça (1820-1874), sobre assuntos eclesiásticos, relativos ao continente, aos Açores, Madeira, Angola, Moçambique, Índia (1710-1879), e políticos (1774-1879), bem como apontamentos, revistas, jornais e impressos vários: colecção de leis, alvarás, decretos, Diários das Cortes Gerais e Extraordinárias, Anais das Missões Portuguesas Ultramarinas, entre outra documentação.

Compõe-se ainda de uma terceira parte designada "Miscelânea de manuscritos" (1871-1860) (Arquivo C), de diferentes proveniências, reportando-se a assuntos diversos: Alfândega de Lisboa, Bacharéis em Direito, Biblioteca Pública de Évora, Biblioteca da Secretaria de Estado dos Negócios Eclesiásticos e da Justiça, Brasil, Carta Constitucional, Casa Pia de Lisboa, Cofre dos Órfãos, cólera morbus, Caminhos de Ferro Portugueses, Companhia Africana Portuguesa, Companhias do Grão Pará e Maranhão e de Pernambuco e Paraíba, Companhia das Obras Públicas, Companhia das Vinhas do Douro, Conselho de Instrução Pública, Deputados, Embaixada de Portugal em Roma, Estradas, imposto do pescado, Mesa Censória, Ministério dos Negócios Estrangeiros, Marquês de Pombal, entre muitos outros.

O conjunto documental adquirido em 2007 (cx. 44 e 45), inclui centenas de cartas de personalidades da época, de documentos relativos à administração da Quinta de Tomar, ao convento e Ordem de Cristo, à Companhia Geral das Vinhas do Alto Douro, ao Museu de História Natural, à Revolta de Torres Novas (1844), à subscrição pública para o monumento a Luís de Camões em Lisboa. Destaca‑a‑se, ainda, um conjunto de cartas da Rainha D. Maria II dirigidas ao reconhecido político.
Arrangement
Documentação organizada segundo critérios orgânico-funcionais.
Other finding aid
Guias e Roteiros:

PORTUGAL. Instituto dos Arquivos Nacionais / Torre do Tombo. Direcção de Serviços de Arquivística - "Família Costa Cabral". in Guia Geral dos Fundos da Torre do Tombo: Colecções, Arquivos de Pessoas Singulares, de Famílias, de Empresas, de Associações, de Comissões e de Congressos. Coord. Maria do Carmo Jasmins Dias Farinha [et al.]; elab. Lucília Runa; fot. José António Silva. Lisboa: IAN/TT, 2005. vol. VI. (Instrumentos de Descrição Documental). ISBN 972-8107-69-2. p. 245-248. Acessível no IAN/TT, IDD (L602/6).

Inventário:

ACABADO, Maria Teresa Geraldes Barbosa - Arquivo da família Costa Cabral. [Dactilografado]. 1971. Acessível na Torre do Tombo, Lisboa, Portugal. (L 488).

Guias e roteiros:

AZEVEDO, Pedro de; BAIÃO, António - O Archivo da Torre do Tombo: sua história, corpos que o compõem e organização. 2ª ed. Lisboa: Livros Horizonte, 1989, p. A-16.

FREITAS, Jorge de Borja Araújo - "Documentos referentes à Índia no núcleo Costa Cabral do Arquivo Nacional da Torre do Tombo". In 2º Seminário Internacional de História Indo-Portuguesa. Lisboa: IICT, 1980. [Reporta-se à documentação de Bartolomeu dos Mártires Dias e Sousa].

PORTUGAL. Instituto Português de Arquivos - Guia de fontes portuguesas para a história de África. V. 2. Lisboa: CNCDP: Fundação Oriente: INCM, 1993, p. 96. ISBN: 972-27-0420-8.

SERRÃO, Joel (coord.); LEAL, Maria José da Silva; PEREIRA, Miriam Halpern - Roteiro de fontes da história portuguesa contemporânea. Vol. 1. Lisboa: INIC, 1984, p. 77-81.

PORTUGAL. Ministério da Educação Nacional; Secretaria de Estado da Cultura - Inventário do arquivo da família Costa Cabral: Inventário de alguns documentos do arquivo da família Costa Cabral. in Biblioteca e Arquivos de Portugal, Lisboa, vol. III, 1973. p.197-232.

PORTUGAL. Instituto dos Arquivos Nacionais / Torre do Tombo - Guia de fontes portuguesas para a história da Ásia. Lisboa: CNCDP: Fundação Oriente: INCM, 1998. ISBN: 972-27-0420-8. V. 1, p. 133.
Related material
Portugal, Biblioteca Nacional: Arquivos Pessoais - CABRAL, José Bernardo da Silva - 3 caixas de correspondência pessoal e de função compreendida entre 1831 e 1873. Inclui também correspondência relativa a António Bernardo da Costa Cabral.
Publication notes
GUIMARÃES, Catariana Ferreira - Novas aquisições. In: Boletim da DGARQ. Lisboa: Direcção-Geral de Arquivos. N.º 1 (Mai-Jul 2007) p. 9.
Creation date
11/12/2006 00:00:00
Last modification
14/01/2016 12:24:42
Record not reviewed.