Maço 26

Description level
Instalation unit Instalation unit
Reference code
PT/TT/TSO/0026
Title type
Formal
Date range
1590 Date is certain to 1802 Date is certain
Dimension and support
90 doc. (162 f.); papel
Custodial history
Em 2010, perante a desorganização encontrada dentro desta unidade de instalação, em virtude da documentação não se apresentar separada em capilhas, os documentos foram separados e acondicionados, tendo as capilhas sido numeradas sequencialmente - que podem conter documentos simples, ou documentos compostos ou macetes - tal como foram os respectivos conteúdos (desde que apresentassem dois ou mais fólios escritos e estivessem desprovidos de foliação original) de modo a possibilitar o mínimo de controlo físico.

Contém documentos truncados.

Este trabalho foi desenvolvido por Maria Filomena de Sequeira Carvalho (Torre do Tombo).

Scope and content
Contém documentação pertencente ao Conselho Geral, Inquisição de Lisboa, de Coimbra, de Évora, e do Brasil.



Inclui correspondência (do comissário António Pereira Caldas, lista e requerimentos sobre o número de familiares existentes na vila da Igreja, no concelho de Sátão, Viseu, e do abade de São Paio de Segude, acerca do número de familiares existentes na vila de Valadares e seu termo, comarca de Valença, entre outros), a informação da Inquisição de Coimbra relativa ao requerimento de Caetano Veloso de Figueiredo Abranches, familiar do Santo Ofício.



Contempla certidões, rol dos familiares do Santo Ofício da cidade de Aveiro e seu termo falecidos e vivos, e dos familiares que existem na cidade e termo de Bragança, correspondência (enviada de Várzea do Douro, e também de Francisco Soares de Albergaria, e do comissário Filipe da Cunha Barbosa, entre outros).



Reúne denúncias, a saber: de Luís Bernardo de Araújo Coutinho contra um padre, outra da existência de cristãos-novos, moradores no lugar de Sendim, termo de Miranda do Douro, e também contra Isabel, solteira, filha de Domingos Francisco, de Vila Real, que retirou as ossadas da sepultura de João Soares de Mendonça por ocasião do enterro de sua mulher, no Mosteiro de Santa Clara, a pedido de uma mulher chamada Antónia Mouroa, feiticeira. Denúncia de frei João da Bemposta, confessor e morador no Convento de Nossa Senhora da Anunciada da vila de Tomar, contra Francisco, curandeiro, e do padre Georges Botelho de Almeida contra o padre Manuel Rodrigues Soares, abade de São Miguel de Oliveira, junto ao Douro, bispado de Lamego, pelo crime de solicitação feito a Mariana do Carvalhal e a outras, no confessionário.



Integra um texto em prosa e um verso sobre a temática do amor, requerimento e certidão de banhos corridos (Torre de Moncorvo), auto da retirada do hábito penitencial a Isabel Luís, cristã-nova, viúva de Vasco Fernandes Campos, no lugar de Cedofeita, nas casas do doutor Francisco de Almeida Ribeiro (1667).



Inclui a apresentação do procurador do réu Francisco Coelho, e despacho dos inquisidores de Coimbra para o réu não ser preso, minuta de uma certidão da criação de ministros e oficiais da Inquisição de Coimbra, e devassa tirada na visitação do licenciado Sebastião da Guarda, no lugar de Carção (1590).



Contempla correspondência de José Joaquim de Abreu e de Matias da Costa Pinheiro dirigida a José de Jesus Pereira.



Contém ainda, correspondência de comissários – António da Costa de Andrade, na Baía, entre outros -, e denúncias remetidas do Brasil.



Integra a pública-forma dos seguintes documentos: requerimento de Isabel Carvalho, viúva de Rui Dias E., moradora na Feteira, termo da vila da Horta (1605), inquirições e sentença de Livramento por mandado do juiz António de Utra, que foram apresentadas pelo capitão Estácio Machado de Utra Teles a Domingos do Amaral, tabelião da ilha do Faial (1734). Estas inquirições tinham sido pedidas pela requerente, em virtude da ilha do Faial ter sido saqueada três vezes por corsários inimigos que queimaram todos os cartórios da ilha.



Reúne informações sobre Manuel Gomes ou Domingos Gonçalves, de São Martinho do Campo, bem como a carta de Isabel da Silveira.



Relativamente a documentação pertencente à Inquisição de Lisboa, encontra-se a certidão passada por António Mendes Pimentel, escrivão do Hospital Real de Todos-os-Santos de Lisboa, sobre o falecimento de Maria das Neves, em 1699, natural do termo de Leiria, e uma escritura com o teor de uns autos de justificação de Maria das Neves ser filha de Matias Rodrigues, e não de António Pinto, a favor do viúvo, Sebastião Costa (1717).



Contempla o requerimento de Miguel de Almeida, natural de Santarém, a solicitar certidão de baptismo para ingressar na Companhia de Jesus.



Reúne um conjunto de correspondência (de padres, comissários do Santo Ofício e outros) relativa a denúncias, refira-se a da madre Antónia Josefa de Santo Alberto, professa no Convento de Nossa Senhora da Encarnação, no Funchal, entre outros.



Compreende documentos de despesa, nomeadamente, contas, declaração dos inquisidores de Lisboa do pagamento da condução do preso Alonso Rodrigues Gabriel pago a Luís Simões Pessoa, familiar do Santo Ofício.



Documentação despachada pelo Conselho Geral: parecer jurídico acerca da causa entre o coleitor e o alcaide, correspondência da Inquisição de Évora, relativas ao sumário de frei Inácio da Conceição, religioso Agostinho Calçado, do Convento de Nossa Senhora da Orada da vila de Monsaraz, e do processo de frei António de Tavira, entre outros, a informação dos inquisidores dirigida à rainha, sobre a necessidade de haver mais comissários na vila do Crato e certidão.



Correspondência remetida pela Inquisição de Coimbra, dirigida à rainha, sobre diversos assuntos, do envio do sumário judicial contra António Marques, natural da ilha da Madeira, do assento final do processo do padre frei Manuel Joaquim de Nossa Senhora da Guia, acerca de comissários.



Informações remetidas da Inquisição de Lisboa: sobre o preso Pedro José Pereira da Cunha, preto crioulo, natural da vila da Chamusca, sentenciado, e petições para comutação de degredo - do padre João Neto de António José Ribeiro, preso nas galés por 10 anos, do padre Francisco Mendes Gabriel, cristão-novo, penitenciado, de Isabel de Jesus, da freguesia de São Sebastião do bispado da cidade de Leiria, e de José Nunes de Lara, do lugar de Figueira, comarca de Trancoso, bispado de Pinhel, incluindo certidões médicas.
Physical location
Tribunal do Santo Ofício, mç. 26
Previous location
Documentos por identificar
Language of the material
Português
Type of container
Outro
Creation date
22/02/2011 00:00:00
Last modification
29/04/2011 21:48:32