A Jorge Borralho, escudeiro real, morador em Vila Nova de Portimão, foi dada carta de confirmação de aforamento.

Description level
Item Item
Reference code
PT/TT/CHR/K/29/113-418V
Title type
Formal
Date range
1498-03-02 Date is certain to 1498-03-02 Date is certain
Dimension and support
52 linhas
Extents
52 Livros
Scope and content
Tal se fez com base num documento feito por Pero da Mota, escudeiro da casa real e contador real que agora por seu especial mandado tem o cargo de contador no reino do Algarve. Refere-se que Gonçalo Toscano almoxarife do almoxarifado de Silves, que morrera, lhe deixara umas casas nesta vila as quais o dito Gonçalo Toscano trazia aforadas em 3 pessoas pelo preço de 12 reais de prata de 117 por marco. Mas as casas estavam muito danificadas e Jorge Borralho não as queria. Mas, postas em pregão, mais ninguém as quis aforar, pelo que lhe foram entregues, com determinadas condições. Feita em Vila Nova a 1 de Maio de 1497. Diogo Álvares a fez por mandado do dito contador na ausência do escrivão dos contos por não ser presente. El-rei e principe o mandou por D. Pero de Castro do seu conselho e vedor da sua fazenda. Francisco de Matos a fez.
Physical location
Chancelaria de D. Manuel I, liv. 29, fl. 113v
Creation date
2/8/2008 12:00:00 AM
Last modification
4/29/2011 9:50:00 PM
Record not reviewed.