Digital representation
Digital representation thumbnail

Genealogia de D. Manuel Pereira, 3.º conde da Feira

Description level
Instalation unit Instalation unit
Reference code
PT/TT/GMS/106
Title type
Formal
Date range
1534 Date is certain to 1534 Date is certain
Dimension and support
1 liv. (2, 4, 2 f.; 430 x 325 mm); perg.
Custodial history
O percurso do documento é conhecido desde que ficou em poder de Diogo Teixeira de Sampaio, morador na Flandres, provável testamenteiro de D. Manuel Pimentel, mestre de campo general da Flandres e castelão de Antuérpia, marido de D. Joana Forjaz Pereira, 6.ª condessa da Feira.

Posteriormente, Vítor Teixeira de Matos, holandês descendente do citado testamenteiro, ao passar por Lisboa, deu a conhecer a Afonso d' Ornelas fotografias do original da Genealogia do III Conde da Feira, o qual pertencia a Abraam Henriques de Castro, também ele holandês de origem portuguesa.
Acquisition information
Adquirida em Novembro de 1992, em Londres, por intermédio do Senhor Ernesto Martins, Biblarte, Lda.
Scope and content
Nome do autor: Holanda, António de. 1480?-1556.

Iluminador e oficial d' armas (passavante): Menelau, João.

Árvore genealógica feita pelos citados oficiais d' armas a partir de pesquisa efectuada nas crónicas antigas de Portugal e Castela, a requerimento de D. Manuel Pereira, filho do conde D. Diogo Pereira e da condessa D. Beatriz de Meneses, aprovada e assinada pelo Portugal rei d'Armas Principal de D. João III, bacharel António Rodrigues, em Évora, a 22 de Fevereiro.

Genealogia mandada fazer para evidenciar as relações de parentesco do 3.º conde da Feira, cujos ascendentes foram representados a par dos de D. João III, de Carlos V e de D. Nuno Álvares Pereira. A primeira página começa pelas as armas da família Pereira. A segunda página contém árvores que devem ser lidas de baixo para cima, e inclui figuras repetidas, embora os retratos apresentem posição diversa.

Contém imprecisões na composição das armas de D. Brites, condessa de Barcelos, e nas de D. Fernando de Noronha, arcebispo de Lisboa.

Documento iluminado. Os retratos terão sido realizados por António de Holanda, sendo 11 representados de frente, 18 representados a três quartos, dos quais 11 estão inclinados para a direita, e 9 de perfil, em cuja execução foi usada a técnica do "puntilhismo". Os brasões, os troncos e os restantes elementos decorativos, dispostos simetricamente, terão sido feitos por João Menelau.

Primeiro fólio com as armas da família Pereira, de vermelho com cruz de prata florenciada e vazia, com escudo e coroa condal de um só aro.

No último fólio escrito assinou Portugal rei d'armas principal.
Access restrictions
Documento sujeito a autorização para consulta e a horário restrito.
Physical location
Genealogias Manuscritas n.º 106
Previous location
CF 202
Alternative form available
Existe reprodução fotográfica do documento.
Related material
Sobre os Condes da Feira veja Genealogias Manuscritas 21.F.15 f. 207 v.º , F.27 f. 145, F. 39 f. 30. Sobre a Casa da Feira veja 21.E.9, p. 141.

Sobre as armas do conde da Feira e dos Pereiras veja Tesouro da Nobreza por Francisco Coelho, rei d'armas Índia, Cartório da Nobreza, liv. 21, f. 25 e 27.

Tombos da Casa da Feira.

Portugal, Torre do Tombo, Cónegos Seculares de São João Evangelista, Convento do Espírito Santo da Feira, código de referência: PT-TT-CESF
Publication notes
"Genealogia do III Conde da Feira". Estudos de Vasco Graça Moura; Maria José Mexia Bigotte Chorão. Lisboa : Edições Inapa, 1998. 47, [20] p. : il. ; 24 cm. ( História da cultura portuguesa). Ed. Fac-similada . O estudo de Vasco Graça Moura intitulado "Conjecturas para uma genealogia" analisa o documento quanto à sua produção artística, comparando-o com a "Genealogia do infante D. Fernando de Portugal", e com as genealogias de Carlos V e do imperador Maximiliano. O estudo de Maria José Mexia Bigotte Chorão intitulado "Comentários Genealogia do III Conde da Feira" publica, entre outros assuntos, documentos relativos às doações feitas por D. João I e por D. João II, respectivamente, a Álvaro Pereira e a D. Diogo Pereira, pai de D. Manuel, bem como a ascendência do III Conde da Feira do "Livro de linhagens de Portugal" de Damião de Góis, e as descendências de D. Manuel III conde da Feira, e de D. João III, rei de Portugal. Inclui a reprodução em fac-simile de "Árvores genealógicas do III Conde da Feira e dos seus principais parentes: preciosa iluminura de António de Holanda" / Afonso d' Ornelas, in Elucidário Nobiliárquico. V. 1. 1928. P. 53-68. Constitui um guia de leitura da Genealogia do III conde da Feira, contém notas biográficas das pessoas representadas, informações sobre a história da Casa da Feira, cujos bens vieram a ser herdados pela Casa do Infantado (1700) tal como os bens da Casa dos Silvas de Portalegre, entre outros assuntos. Exemplar (n.º 162) existente na Torre do Tombo, Biblioteca.
Notes
Título atribuído.

Encadernação em veludo rosa velho lavrado, forrada de seda da mesma cor.



ttonline_tesouros_nobiliarios_cartas_armas
Creation date
6/2/2006 12:00:00 AM
Last modification
4/2/2019 10:34:54 AM