Digital representation
Digital representation thumbnail
Available services

Inventário de extinção do Hospício de Nossa Senhora do Desterro de Lisboa

Description level
File File
Reference code
PT/TT/MF-DGFP/E/001/00204
Title type
Atribuído
Date range
1834 Date is certain to 1837 Date is certain
Dimension and support
1 proc. (163 f.); papel
Scope and content
Contém o inventário dos bens móveis e imóveis do Hospício dos religiosos da Ordem de São Bernardo.

A 14 de Julho de 1834, o Dr. António Alexandrino de Morais e Sousa, provedor do 2.º distrito, frei Joaquim da Cruz, o escrivão ajudante João Gualberto da Silva, entre outros, procederam à inventariação.

Inclui apenso ao processo, o jornal "Crónica Constitucional de Lisboa", n.º 132, de 6 de Junho de 1834, que contém inserta a Portaria do Tesouro Público de 4 de Junho de 1834 relativa à tomada de posse de todos os bens dos suprimidos conventos (2f.; impresso).

Contempla a descrição e avaliação dos objetos sagrados, bem como os de prata (incluindo o peso): Custódia de prata de lei dourada e toda lavrada, Cálices, paramentos, entre outros.

Compreende a descrição e avaliação de prédios rusticos e urbanos, foros, dívidas ativas e passivas, entre outros.

Contém os autos de posse e avaliação da Quinta e Casal de São Marcos, no termo de Sintra, dos foros de Chelas, Olival do Bispo, Olival do Areeiro no sítio do Poço dos Mouros, bem como os autos de arrematação da venda da Quinta e Casal de São Marcos.

Integra o auto de entrega dos objetos sagrados e paramentos.

Contém a posse, avaliação e descrição do edifício do Convento, Igreja do Desterro e mais anexos.

Os livros, papéis e títulos foram entregues ao Tesouro público.

Reúne as folhas de receita e despesa do Convento (1750-1831):

"Folha do Real Mosteiro de Nossa Senhora do Desterro" do triénio em que foi D. Abade, o Padre Fr. Pedro de Mendonça (1750):

Esta folha refere, em registo de despesa, um livro onde se fez o index do cartório e se lançaram todos os ornamentos e alfaias da igreja e oficinas, bem como livros para as contas; menciona a despesa em leite para os doentes, o padre mestre cronista; uma arca de depósito do rendimento da capela, onde se guardava o livro de quitações de missas, o de receita e despesa e mais papéis pertencentes à capela; faz menção à cera que ficava guardada na sacristia, informa que se comprava milho para os pombos e bacalhau; refere ainda que o livro onde ficavam lançados a prata e alfaias da igreja, sacristia e coro, dormitório e oficinas, estava guardado numa gaveta do bufete do D. Abade.

"Folha do Real Mosteiro de Nossa Senhora do Desterro" sendo D. Abade Geral , Esmoler-mór, Fr. José de Mesquita e administrador do Mosteiro, Fr. Joaquim da Cruz (1 de abril de 1816 a 1 de abril de 1819).

"Folha volante do Mosteiro de Nossa Senhora do Desterro", sendo Geral Fr. Manuel de Queirós e administrador do Mosteiro, Fr. Joaquim da Cruz (de abril de 1819 a de abril de 1822).

"Folha do Mosteiro de Nossa Senhora do Desterro" sendo D. Abade Geral , Esmoler-mór, Fr. António da Silveira e administrador Fr. Joaquim da Cruz (15 de abril de 1822 a 5 de abril de 1825).

"Folha do Real Mosteiro do Desterro" (1825).

"Folha do Mosteiro de Nossa Senhora do Desterro" sendo Geral, Fr. António Tudela e administrador, o Padre Mestre Fr. Joaquim da Cruz (desde 6 de abril de 1825).

"Folha volante do Mosteiro de Nossa Senhora do Desterro", sendo Geral o Padre Mestre Dr. Fr. José Doutel e administrador, Fr. Joaquim da Cruz (de 25 de abril de 1828 a de 27 abril de 1831).
Stamps
Lacre vermelho
Physical location
Ministério das Finanças, Hospício de Nossa Senhora do Desterro de Lisboa, cx. 2225
Original numbering
IV-D-63, n.º 203
Language of the material
Português
Notes
Documento selecionado para o projeto "Lx Conventos: Da cidade sacra à cidade laica. A extinção das ordens religiosas e as dinâmicas de transformação urbana na Lisboa do século XIX.", financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (PTDC/CPC-HAT/4703/2012). Este projeto tem como Instituição Proponente o Instituto de História de Arte, da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, da Universidade Nova de Lisboa, que decorreu entre Maio de 2013 e Abril de 2015.
Creation date
3/2/2012 4:09:13 PM
Last modification
7/12/2016 10:18:44 AM
Record not reviewed.