Colégio de Nossa Senhora da Graça de Coimbra

Description level
Fonds Fonds
Reference code
PT/TT/CNSGC
Title type
Atribuído
Descriptive dates
[1431?]-1834
Dimension and support
4 liv., 8 mç.; perg., papel
Biography or history
O Colégio de Nossa Senhora da Graça de Coimbra era masculino, e pertencia à Ordem dos Eremitas de Santo Agostinho (Agostinhos calçados).

Era também conhecido por Colégio da Graça, Colégio da Graça de Coimbra, Nossa Senhora da Graça do Colégio de Coimbra, ou Coleginho de Nossa Senhora da Graça.

Em 1542, a 30 Outubro deu-se início ao processo da fundação do colégio com a petição enviada à Câmara para a cedência de um terreno para a sua instalação.

Situado na Rua da Sofia, o colégio, foi fundado em 1543 por D. João III, que lhe conferiu abundantes rendas e o entregou a Frei Luís de Montóia, um dos reformadores da Ordem em Portugal. O rei protegeu e acompanhou de perto a construção do colégio, atribuindo-lhe esmolas avultadas e anexando-lhe, em 1551, o mosteiro beneditino de São Pedro de Cete com todas as suas rendas. Frei Luís de Montóia foi durante vários anos superior do Colégio. Este iniciou a sua actividade em 1543 com 16 alunos ainda em instalações provisórias. Em 1546, tinha cerca de 40 estudantes.

Em 1549, a 12 de Outubro por carta régia o Colégio foi incorporado na Universidade de Coimbra.

Em 1551, foi-lhe anexada a igreja da Vacariça.

Em 1555, a igreja, projectada por Diogo de Castilho, ficou concluída e é uma das primeiras construções portuguesas de estilo renascentista em Portugal.

Entre 1828 e 1834, durante a guerra civil o colégio funciona como hospital militar ao serviço dos partidários absolutistas de Dom Miguel.

Em 1834, no âmbito da "Reforma geral eclesiástica" empreendida pelo Ministro e Secretário de Estado, Joaquim António de Aguiar, executada pela Comissão da Reforma Geral do Clero (1833-1837), pelo Decreto de 30 de Maio, foram extintos todos os conventos, mosteiros, colégios, hospícios e casas de religiosos de todas as ordens religiosas, ficando as de religiosas, sujeitas aos respectivos bispos, até à morte da última freira, data do encerramento definitivo.

Os bens foram incorporados nos Próprios da Fazenda Nacional.
Custodial history
Em 1912, a documentação que se encontrava na Biblioteca Nacional foi enviada pela Inspecção das Bibliotecas e Arquivos para a Torre do Tombo.

Contém documentos retirados dos maços 20, 21, 29, 80, 90, 91, 92, 104, 107, 117, 119, 123, 124, 132, 147, 151, 154, 155, 156, 157, 160, 162, 171, 176, 197, 230, 233, 232, 236 e 237, das pastas 16, 20, 21, 22, 23, 26, 27, 29, 31, 38 e 41 do Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra.

Parte da documentação esteve integrada na designada Colecção Especial. Entre os anos de 1938 e 1990, sempre que possível e considerando a sua proveniência, a documentação foi reintegrada nos fundos, numa tentativa de reconstituição dos cartórios de origem. Estes documentos foram ordenados cronologicamente, constituídos maços com cerca de 40 documentos, aos quais foi dada uma numeração sequencial.

No final da década de 1990, foi abandonada a arrumação geográfica por nome das localidades onde se situavam os conventos ou mosteiros, para adoptar a agregação dos fundos por ordens religiosas.
Scope and content
Contém cartas régias, patentes e breves dos legados apostólicos, alvarás do bispo do Porto, dotes, petições, certidões, cartas de aforamento, de venda, de escambo, instrumentos de posse, cartas de anexação de igrejas, sentenças, traslados, livro de receita e despesa do convento, de receita e despesa da herdade dos Curvos, tombo da capela instituída por Pero Chaveiro na igreja de São Salvador de Vieiros. Inclui documentação relativa à igreja da Vacariça e às suas anexas, bem como documentação do Mosteiro de Cete.

Fundos Eclesiásticos; Ordem dos Eremitas de Santo Agostinho; Masculino
Arrangement
Ordenação numérica específica para cada tipo de unidade de instalação (livros e maços).
Other finding aid
ARQUIVO NACIONAL DA TORRE DO TOMBO - [Base de dados de descrição arquivística]. [Em linha]. Lisboa: ANTT, 2000- . Disponível no Sítio Web e na Sala de Referência da Torre do Tombo. Em actualização permanente.

Inventário dos cartórios recolhidos da Biblioteca Nacional, em 1912 (L 283) f. 55-55v. Descreve 4 livros.
Related material
Portugal, Arquivo Distrital de Braga.

Portugal, Arquivo da Universidade de Coimbra.

Portugal, Torre do Tombo, Ministério das Finanças, cx. 2209, inv. n.º 120.

Portugal, Torre do Tombo, Manuscritos da Livraria, n.º 673 (17) - "Notícias do colégio de Nossa Senhora da Graça de Coimbra". Inclui notícias do cartório e da livraria.
Publication notes
"Ordens religiosas em Portugal: das origens a Trento: guia histórico". Dir. Bernardo de Vasconcelos e Sousa. Lisboa: Livros Horizonte, 2005. ISBN 972-24-1433-X. p. 432-433.
Creation date
4/4/2011 12:00:00 AM
Last modification
1/7/2020 9:44:24 AM