Convento de Santo Agostinho de Santarém

Description level
Fonds Fonds
Reference code
PT/TT/CSAS
Title type
Atribuído
Date range
1621 Date is certain to 1833 Date is certain
Dimension and support
8 liv., 3 mç.; perg., papel
Biography or history
O Convento de Santo Agostinho de Santarém era masculino, e pertencia à Ordem dos Eremitas de Santo Agostinho (Agostinhos calçados).

Também era designado por Convento da Graça de Santarém.

Em 1376, foi fundado com o apoio dos condes de Ourém, D. João Afonso Teles de Meneses e sua mulher, D. Guiomar de Vilalobos. O Convento ocupou inicialmente salas do Paço dos Condes.

Em 1380, foi lançada a primeira pedra da igreja. A construção estava terminada no primeiro quartel do século XV.

D. Pedro de Meneses, governador de Ceuta e neto do fundador, foi sepultado em 1437 numa das capelas da igreja.

Em 1834, no âmbito da "Reforma geral eclesiástica" empreendida pelo Ministro e Secretário de Estado, Joaquim António de Aguiar, executada pela Comissão da Reforma Geral do Clero (1833-1837), pelo Decreto de 30 de Maio, foram extintos todos os conventos, mosteiros, colégios, hospícios e casas de religiosos de todas as ordens religiosas, ficando as de religiosas, sujeitas aos respectivos bispos, até à morte da última freira, data do encerramento definitivo.

Os bens foram incorporados nos Próprios da Fazenda Nacional.
Custodial history
Em 1894, no dia 14 de Maio, foram incorporados os documentos vindos da Direcção-Geral dos Próprios Nacionais.

Parte da documentação esteve integrada na designada Colecção Especial. Entre os anos de 1938 e 1990, sempre que possível e considerando a sua proveniência, a documentação foi reintegrada nos fundos, numa tentativa de reconstituição dos cartórios de origem. Estes documentos foram ordenados cronologicamente, constituídos maços com cerca de 40 documentos, aos quais foi dada uma numeração sequencial.

No final da década de 1990, foi abandonada a arrumação geográfica por nome das localidades onde se situavam os conventos ou mosteiros, para adoptar a agregação dos fundos por ordens religiosas.

A descrição da maioria dos documentos foi feita a partir das descrições já existentes nos ID, ou do sumário patente no verso dos documentos.
Scope and content
Contém livros de leis peculiares, de tombos, de notícia sumária dos bens, de cobrança de rendimentos diversos, cartas de aforamento, de venda e documentos relativos a prazos.

Fundos Eclesiásticos; Ordem dos Eremitas de Santo Agostinho; Masculino
Arrangement
Ordenação numérica específica para cada tipo de unidade de instalação (livros e maços).
Other finding aid
ARQUIVO NACIONAL DA TORRE DO TOMBO - [Base de dados de descrição arquivística]. [Em linha]. Lisboa: ANTT, 2000- . Disponível no Sítio Web e na Sala de Referência da Torre do Tombo. Em actualização permanente.

Índice (inventário) dos livros de diversos conventos, ordens militares e outras corporações religiosas guardados no Arquivo da Torre do Tombo, conventos diversos, caderneta 3 (Santo Elói a Teatinos) (C 270) f. 112. Descreve 1 livro.

Relação de documentos vindos da Direcção-Geral dos Próprios Nacionais, em 14 de Maio de 1894 (letras L-V) (C 280) f. 62-67. Descreve 7 livros e 1 maço.

Inventário das Corporações Religiosas, desintegrado da antiga Colecção Especial (inclui a tabela de equivalência e a "Nota explicativa" da restituição dos documentos aos cartórios de origem, feita pela conservadora Maria Teresa Geraldes Barbosa Acabado), em 24 de Julho de 1978 (L 208).
Related material
Portugal, Torre do Tombo, Ministério das Finanças, cx. 2249 , inv. n.º 350
Publication notes
"Ordens religiosas em Portugal: das origens a Trento: guia histórico". Dir. Bernardo de Vasconcelos e Sousa. Lisboa: Livros Horizonte, 2005. ISBN 972-24-1433-X. p. 429.
Creation date
4/4/2011 12:00:00 AM
Last modification
1/7/2020 9:44:30 AM