Mosteiro de Nossa Senhora dos Mártires de Elvas

Description level
Fonds Fonds
Reference code
PT/TT/MSME
Title type
Atribuído
Date range
1682 Date is certain to 1827 Date is certain
Dimension and support
14 liv.; papel
Biography or history
O Mosteiro de Nossa Senhora dos Mártires de Elvas era masculino, e pertencia à Ordem dos Pregadores (Dominicanos).

Antes de 1266, foi fundado. Os dominicanos de Elvas começaram por se estabelecer a cerca de meia légua da cidade, junto à ermida de Nossa Senhora da Graça, vindo mais tarde a mudarem-se para o centro da povoação.

Em 1266, receberam as primeiras doações de terras na cidade.

Em 1267, em Fevereiro receberam de D. Afonso III a ermida de Santa Maria dos Mártires para construção de novo edifício. Em Julho do mesmo ano, o bispo de Évora - diocese a que então pertencia Elvas - autorizou a edificação do convento.

No mesmo ano da sua implantação, a comunidade viveu graves diferendos com o clero secular local, devido à aceitação e sucesso que alcançou junto dos fiéis. Para pôr fim à opressão do clero secular, os frades viram-se obrigados a recorrer à intervenção do papa Clemente IV.

Em 1834, no âmbito da "Reforma geral eclesiástica" empreendida pelo Ministro e Secretário de Estado, Joaquim António de Aguiar, executada pela Comissão da Reforma Geral do Clero (1833-1837), pelo Decreto de 30 de Maio, foram extintos todos os conventos, mosteiros, colégios, hospícios e casas de religiosos de todas as ordens religiosas, ficando as de religiosas, sujeitas aos respectivos bispos, até à morte da última freira, data do encerramento definitivo.

Os bens foram incorporados nos Próprios da Fazenda Nacional.

Localização / Freguesia: Ajuda, Salvador e Santo Ildefonso (Elvas, Portalegre)
Custodial history
Em 1912, a documentação, que se encontrava na Biblioteca Nacional foi enviada pela Inspecção das Bibliotecas e Arquivos para a Torre do Tombo.

No final da década de 1990, foi abandonada a arrumação geográfica por nome das localidades onde se situavam os conventos ou mosteiros, para adoptar a agregação dos fundos por ordens religiosas.
Scope and content
Contém livros de actas dos conselhos realizados pela comunidade, dos assentos dos respectivos recebimentos, de gastos e vendas, de receita e despesa da botica, sacristia, e da igreja do convento, da capela de Santo António e da Confraria de Nossa Senhora das Mercês erectas na igreja do convento.

Fundos Eclesiásticos; Ordem dos Pregadores; Masculino
Arrangement
Ordenação numérica das unidades de instalação (livros).
Other finding aid
ARQUIVO NACIONAL DA TORRE DO TOMBO - [Base de dados de descrição arquivística]. [Em linha]. Lisboa: ANTT, 2000- . Disponível no Sítio Web e na Sala de Referência da Torre do Tombo. Em actualização permanente.

ARQUIVO NACIONAL DA TORRE DO TOMBO - Ordem dos Pregadores - Mosteiro de Nossa Senhora dos Mártires de Elvas: catálogo. [documento electrónico em linha]. Lisboa: ANTT, 2020. Acessível na Torre do Tombo, Instrumentos de descrição, L 777. Disponível no Sítio Web da Torre do Tombo em .

Inventário dos cartórios recolhidos da Biblioteca Nacional, em 1912 (L 283) f. 69-70.
Related material
Portugal, Arquivo Distrital de Portalegre, Convento de São Domingos de Elvas

Portugal, Torre do Tombo, Ministério das Finanças, cx. 2213, inv. n.º 136.
Publication notes
"Ordens religiosas em Portugal: das origens a Trento: guia histórico". Dir. Bernardo de Vasconcelos e Sousa. Lisboa: Livros Horizonte, 2005. ISBN 972-24-1433-X. p. 382-383.
Creation date
4/6/2011 12:00:00 AM
Last modification
3/13/2020 12:02:43 PM