Digital representation
Digital representation thumbnail
Available services

Cartas autógrafas do Padre António Vieira

Description level
Instalation unit Instalation unit
Reference code
PT/TT/MSLIV/2263
Title type
Formal
Descriptive dates
1671-1683; 1718 - 1719; 1905
Dimension and support
119 f. (111 f. ms. num, 2 f. n. num, 4 f. em branco n. num., 1 f. imp., 208 mm x150 mm); papel
Custodial history
A lei de 29 de Dezembro de 1887 foi a primeira a referir verba para a compra de manuscritos com destino ao Real Arquivo da Torre do Tombo.

A lei de 24 de Dezembro de 1901, determinou para o Arquivo, uma verba para a compra e encadernação de livros, assinaturas, aquisição de manuscritos, estampas, medalhas e moedas.

O Regulamento de 14 de Junho de 1902, incluía entre as obrigações do Director do Real Arquivo da Torre do Tombo: requisitar do bibliotecário-mor a aquisição dos livros, códices, documentos ou qualquer objecto que julgasse necessário para o arquivo a seu cargo. O artigo 39.º reportava-se à aceitação de documentos oferecidos por particulares do Arquivo podendo receber em depósito, documentos particulares, sob cláusula, se fosse imposta pelo depositante, sendo proibida a sua comunicação durante um determinado prazo de tempo. Em parágrafo anexo acrescentava-se que os documentos, desde a sua entrada no arquivo, constituíam propriedade do Estado, e não mais podendo ser reclamados.

Em 1905, o códice com as cartas, foi adquirido por 70.000 réis na Casa Liquidadora (Antigo Bazar Católico), situada na Avenida da Liberdade, 93 a 113, em Lisboa, propriedade de Maria Guilhermina de Jesus. o códice foi comprado por Martinho Augusto Ferreira da Fonseca com a quantia obtida a partir da subscrição feita expressamente para o efeito encabeçada pelo Dr. José Simões de Oliveira Martins, e por mais 36 pessoas.

Por ofício do Inspector Gabriel [Vale?] Pereira, pelo bibliotecário-mor do Reino, dirigido ao Director do Real Arquivo da Torre do Tombo, a colecção de cartas originais do padre António Vieira, foi enviada para este Arquivo, a 9 de Novembro de 1905.

O códice foi integrado nas colecções do Arquivo, por determinação superior, tendo sido incorporado nos manuscritos da Livraria, que se guardavam nos diversos armários da Casa intitulada dos Tratados, ao lado dos códices oferecidos por particulares ou pelo Estado, quando adquiridos por compra.
Scope and content
Contém 51 cartas autógrafas do padre António Vieira endereçadas a diversos destinatários no período de 1671-1683. Parte das cartas foram dirigidas a D. João da Silva, 2.º marquês de Gouveia.

As cartas datadas de 1718-1719, foram escritas pela rainha de Espanha para a filha dos 5.ºs marqueses de Almazan, e marquesa de Santa Cruz, casada com D. João de Mascarenhas e sobrinha, pelo marido, do 2.º marquês de Gouveia.

D. João de Mascarenhas herdou o marquesado de Gouveia, em 1686.
Physical location
Manuscritos da Livraria, n.º 2263
Original numbering
Vieira. Cartas Varias. Tom. 18
Previous location
Casa dos Tratados, códice n.º 2263
Type of container
Outro
Alternative form available
Cópia em microfilme. Portugal, Torre do Tombo, mf. 1353
Related material
Portugal, Torre do Tombo, Júlio de Castilho (código de referência: PT-TT-JCS/10/163).

Portugal, Torre do Tombo, Manuscritos da Livraria (código de referência: PT-TT-MSLIV/242).

Portugal, Torre do Tombo, Tribunal do Santo Ofício (F), Inquisição de Lisboa (SF), processo de António Vieira (código de referência: PT-TT-TSO/IL/28/1664).
Publication notes
AZEVEDO, Pedro A. de - "As Cartas do Padre António Vieira Oferecidas ao Arquivo da Torre do Tombo". Coimbra: Imprensa da Universidade. 1906, 18 p. Exemplar disponível na Torre do Tombo, Biblioteca, S.V. 4312/1.
Notes
Nota ao elemento de informação "História Custodial e arquivística":

Na folha seguinte à guarda do códice, segundo a anotação registada a lápis, o códice foi entregue pessoalmente pelo inspector Gabriel Pereira, no dia 9 de Novembro de 1905 ao 1.º conservador do Arquivo, senhor Almeida Caldeira, na ausência, por motivo de doença, do respectivo Director.

Nota ao elemento de informação "Âmbito e conteúdo":

Inclui a lista da subscrição, e o recibo da aquisição datado de 12 de Abril de 1905.

As cartas do padre António Vieira são fonte para o estudo da História da segunda metade do século XVII.

As cartas desta colecção foram todas impressas, bem como outras da vasta produção do autor.

A encadernação em couro, com data provável de 1735, apresenta na lombada o título gravado a ouro "Vieira. Cartas Várias. Tom. 18".
Creation date
2/13/2008 12:00:00 AM
Last modification
8/30/2019 4:19:36 PM
Record not reviewed.