Arquivo Histórico

Description level
Series Series
Reference code
PT/TT/AGU/009
Title type
Atribuído
Date range
1936 Date is certain to Date is certain
Descriptive dates
[1930, Antuérpia - 1939-06, Lisboa]
Dimension and support
284 doc. fotográficos (positivos, diapositivo; papel, película; p/b, cor; 6x6 cm, 8x11 cm, 14x21 cm, entre outros formatos)
Scope and content
Nos documentos fotográficos podem encontrar-se os seguintes conteúdos, entre outros:



Objectos e documentos pertencentes a Mousinho de Albuquerque:

- Comenda da Ordem de Avis e colar de São Maurício de Itália; colar e comenda da Torre e Espada; comenda e colar da Ordem do Dragão de Mecklenburg-Schwerin / da Águia Vermelha da Prússia / de São Jorge de Inglaterra; medalha da Campanha de Gaza / de ouro do Feito Heróico de Chaimite e Prisão do Gungunhana / do Valor Militar ; grande-oficial da Legião de Honra; espada que Mousinho usou na campanha de Gaza / que Mousinho levou na tomada de Chaimite / de honra, oferecida pela Associação Comercial do Porto / oferecida pela Imprensa de Lisboa; 'stick' que Mousinho usou sempre em campanha e na célebre carga de Macontene; capacete; imagem de Nossa Senhora, que a esposa de Mousinho levou quando foi montar o Hospital de Sangue em Gaza (e a que os soldados chamavam 'Nossa Senhora de Gaza'); taça oferecida pela rainha Vitória ao Gungunhana; álbum de homenagem, oferecido pela Câmara Municipal de Braga; pasta, com iluminuras, contendo o oferecimento de um cavalo de batalha.



Documentos cartográficos:

- Elevação e fachada que mostra, em prospecto, a cidade de Santo António, na ilha do Príncipe, no mar da Etiópia […] 1757; ilhas e baixios existentes no canal marítimo entre as costas de Moçambique e de Madagáscar; planta de uma parte da costa do Congo, em que se notam os três portos em que se devem construir as três fortalezas, de São José de Cabinda, São Sebastião do Mulembo e São Martinho do Luango (1773); demonstração do cabo da Boa Esperança; baía de Lourenço Marques; tábua de Suez / do Toro / do porto de Maçuá / da Aguada do Xeque / de Barém / de uma mostra que faz a terra entre Danda e Chaul; a cidade de Cochim (gravura holandesa); “Royaumes de Cambaye ou Guzarate et du Grand Mogol jusqu'à Bengale et Pegu, dressés sur les Voyages de Nuno da Cunha et rectifiés sur les rélations plus exactes”; Estado da Índia - Carta do Distrito de Damão – 1922; barreiras de recifes existentes na costa de Pernambuco (Brasil); perspectiva do Recife e vila de Olinda; configuração da boca inferior da primeira cachoeira do rio dos Enganos […] 1782; freguesia de Santo António do Urubu de Baixo; configuração da cachoeira de Cupati, no rio Japurá […]1780; planta de Vila Boa, capital da capitania de Goiás, levantada no ano de 1782; carta 6.ª da costa do Brasil, ao meridiano do Rio de Janeiro, desde a ponta de Araçatuba até à barra de Guaratiba / 9.ª da costa do Brasil, ao meridiano do Rio de Janeiro, desde a barra de Bertioga até à ponta de Guaratiba; demonstração do Rio de Janeiro. Feita por João Teixeira, cosmógrafo de Sua Majestade. Ano 1645; planta da cidade do Rio de Janeiro, capital dos Estados do Brasil, e projecto com que pode ser fortificada; barra da capitania do Espírito Santo; carta da Nova Lorena Diamantina; carta geográfica do termo de Vila Rica, em que se mostra que os arraiais das Catas Altas da Noruega, Itaberaba e Carijós, lhe ficam mais perto que ao da Vila de São José, a que pertencem, e igualmente o de Santo António do Rio das Pedras, que toca ao do Sabará; planta do forte de São João (Brasil); “Plan des fortifications sur la presqu'île de São João, située a 'west', au bord de l'entrée du port”; planta particular da ilha de Santa Catarina; mapa de uma parte da ilha de Santa Catarina que se acha fortificada em estado de defesa e Ano MDCCXCV [1795]; planta do Rio Grande de São Pedro (1776); acampamento dos castelhanos, defronte da colónia com o nome de São Carlos […] 1761; planta do acampamento das duas primeiras Divisões, espanhola e portuguesa, da Demarcação de Limites da América meridional, junto às margens do arroio Chuí, em Fevereiro de 1784.



Documentos e livros impressos ou manuscritos:

- Tratado de paz realizado entre o Estado da Índia e o rei de Sunda, em 1742; parte da carta do rajá Bounsuló prometendo-nos a província de Perném, em troca do auxílio de tropas contra o rajá de Colapur; trecho de um tratado celebrado com o Bounsuló em 1762; fac-símile das assinaturas dos dessais de Bicholim no auto de juramento de vassalagem, obediência e fidelidade, prestado à rainha em 1781; carta do governador da Índia para o secretário de Estado (datada de 18-10-1784); trecho do tratado de paz com o rei de Sunda, em 1791, assegurando-nos a posse de uma parte das nossas conquistas; “Livro universal de derrotas, altura, longitudes e conhecenças de todas as navegações destes reinos de Portugal e Castela, Índias orientais e ocidentais, o mais copioso e claro que pode ser em serviço dos navegantes. Ordenado por pilotos consumados nesta ciência e virtudes de aproveitar. Em serviço de Deus, em Lisboa, o primeiro de Março, 1594. De Manuel Gaspar”; “Livro quinto da missão do reino de Tonquim, começando no ano de 1691 até ao ano de 1700. São tresladados dos próprios originais que se conservam na secretaria da Província do Japão, no colégio da Madre de Deus, da Companhia de Jesus da cidade de Macau, aos 6 de Junho de 1746. João Álvares”; “Regimento da declinação do sol, a qual vai dentro, numas letras que querem dizer o nome do senhor Fernão Martins Freire de Andrade, e da sua filha dona Isabel [...]”; “Globe de Nicolas d'Oresme, dessiné en 1377, à la suite de son Traité de la Sphère”; “Tratado em que se contam muito por extenso as coisas da China, com suas particularidades, e assim do reino de Ormuz, composto por el [sic] reverendo padre frei Gaspar da Cruz, da Ordem de São Domingos. Dirigido ao muito poderoso rei Dom Sebastião, nosso senhor. Impresso com licença, 1569”; “Livro segundo da história do descobrimento e conquista da Índia [...]”; “Peregrinação de Fernão Mendes Pinto [...]. Ano 1614”; “Vária história de coisas notáveis do Oriente [...], composta pelo padre frei João dos Santos [...]. Ano de 1609”; “Relatione del reame di Congo [...] per Filippo Pigafetta [...]”;



Individualidades retratadas:

- António Enes; António Óscar de Fragoso Carmona; Armindo Monteiro; Dom Francisco Inocêncio de Sousa Coutinho; Dom Frederico Guilherme de Sousa; Dom Frei João de Albuquerque; Dom João de Castro; Dom José da Costa Nunes; Dom José Pedro da Câmara; Dom Luís de Meneses, conde da Ericeira; Dom Nuno da Cunha; Francisco da Cunha e Meneses; Francisco José Vieira Machado; José Bacelar Bebiano; José Francisco de Azevedo e Silva; Manuel de Saldanha e Albuquerque, conde da Ega; Maria do Carmo Contreiras Machado; Maria do Carmo Ferreira da Silva Carmona; Marques Mano; Pierre Savorgnan de Brazza; Vítor Hugo de Azevedo Coutinho.



Eventos relevantes:

- Exposição de Antuérpia ("Exposition coloniale internationale, maritime et d’art flamand") [1930]: "stand" de Macau / de Angola / da Universidade de Coimbra; "stands" do Banco Nacional Ultramarino e do Banco de Angola / do caminho-de- ferro e porto de Lourenço Marques, e das companhias algodoeiras de Angola, Moçambique e Guiné.



- Exposição Colonial de Paris ("Exposition coloniale internationale") [1931]: "Vue perspective" ; "Place d'honneur"; "Cité des Informations"; "Musée des Colonies"; "Alée des Colonies"; "Pavillon des Missions"; "Théâtre d'Eau"; "Chaussée d'Angkor"; "Danseuses de Bali"; "Afrique équatoriale française (type de femme indigène)"; "Afrique occidentale française (types d'indigènes)"; "Belgique"; "Cochinchine"; "Danemark"; "Hindoustan"; "Indochine"; "Italie (fontaine)"; "Madagascar (type de femme indigène)"; "Maroc"; "Tunisie"; "Togo (la cueillette de régimes de palme / marché du coton)".



- Viagem do dr. Armindo Monteiro [1932]: chegada a Luanda; passando revista aos escuteiros; na Feira de Amostras; visita à brigada do caminho-de-ferro; Pretória; Elisabethville.



- 1.ª Conferência dos Governadores Coloniais [1933].



- Visita da 1.ª Companhia Indígena de Infantaria de Angola a Lisboa [1933].



- Exposição Colonial do Porto [1934]: secção de Arte Indígena; bailadeiras cabo-verdianas; indígenas de Quipungo; lição de Geologia e Minas, na galeria da nave central; monumento ao Esforço Colonizador Português; composição apresentada pela Escola de Medicina Tropical; grupo de Medicina e Higiene; demonstração do combate à doença do sono; mascote da 5.ª Companhia Indígena de Infantaria; secção agrícola; orquestra de macaístas.



- 1.ª Conferência económica do Império Colonial Português (1936): a bordo do "Afonso de Albuquerque".



- 1.ª viagem do presidente da República, general Carmona, a São Tomé e Príncipe [1938]: Ao desembarcar na Ilha do Príncipe, acompanhado do sr. ministro das Colónias, o Chefe do Estado recebeu das mãos do presidente da Câmara Municipal as chaves da cidade de Santo António; os pescadores indígenas de São Tomé, nos seus barquitos embandeirados, vieram ao encontro do navio presidencial; a baía de Ana de Chaves coalhada de barcos; desembarque do Chefe do Estado em São Tomé; recepção / banquete no palácio do governo; aos indígenas pobres ou doentes; géneros que constituíam o bodo para cada indígena; os indígenas de São Tomé abraçam entusiasticamente o Chefe do Estado; junto à estrada de Santana, as crianças indígenas aclamam o Chefe do Estado; banda, numa roça, saudando o Chefe do Estado; o "Afonso de Albuquerque" em São Tomé; São Tomé: para comemorar a visita do Chefe do Estado, ergueu-se um obelisco, em 26 de Julho, junto da histórica fortaleza de São Sebastião; São Tomé: vista, do lado do mar, do obelisco comemorativo da visita do Chefe do Estado.



- 1.ª viagem do presidente da República, general Carmona, a Angola [1938]: banquete oferecido na Câmara Municipal de Luanda; banquete de gala que, no mesmo dia, se realizou no palácio do governo-geral; baile de gala realizado no palácio do governo-geral de Angola, em Luanda; Aeroclube de Angola; o Chefe do Estado coloca ao peito dos novos aviadores o respectivo distintivo / abraça calorosamente um dos novos aviadores; igreja de Nossa Senhora da Nazaré, em Luanda; museu histórico, religioso e iconográfico de Angola; o Chefe do Estado condecorando a bandeira de Muxima; cerimónia realizada defronte de bandeiras; multidão assistindo, em Luanda, à parada militar; passagem da bandeira da companhia de Infantaria Indígena; saudação militar de continência defronte da tribuna presidencial, por ocasião de uma parada militar; partida de Luanda para Moçâmedes; Lobito: aguardando o Chefe do Estado; desembarque / cortejo / aclamações no Lobito; inauguração da ponte "General Carmona", entre Lobito e Benguela; no banquete oferecido ao Chefe do Estado, reuniram-se as mais representativas individualidades da província de Benguela; multidão, com muitas bandeiras alçadas, reunida numa praça pública; o Chefe do Estado desembarca em Porto Amboim a 4 de Agosto, rodeado de aclamações; frutas em exposição; à passagem do automóvel presidencial na Roça Couto; indígenas aguardando o Chefe do Estado na Roça Açoriana; homens africanos fardados; cerimónia a bordo do navio "Amphion"; oficiais de Marinha, em fila indiana e em posição de sentido, no convés do navio "Amphion"; embarcação, com marinheiros a postos no convés, a zarpar de um porto; na baía de Moçâmedes, os barcos dos pescadores; avioneta a sobrevoar as águas da baía de Moçâmedes, por ocasião de um cortejo naval; a rainha Galinaxe com as delegações dos cuamatos e dos cunhamas; visita a uma barragem.



- 2.ª viagem do presidente da República, general Carmona, às colónias portuguesas em África [1939]: Partida de Lisboa; escoltando o 'Colonial'.



Obras de engenharia:

- Construção de infra-estruturas de uma grande obra em Angola: Trabalhos num canteiro de obras; homens, com ancinhos, a espalharem camadas de terra numa estrada; camião a despejar terra; veículo pesado a espalhar alcatrão numa estrada / a aspergir água no leito de uma estrada / a nivelar o solo / a compactar o solo; tractor de transporte; “bulldozer” em laboração.



Language of the material
Português, espanhol, francês, inglês, italiano, marata e neerlandês
Notes
Notas ao elemento de informação “Dimensão e suporte”: As provas fotográficas encontram-se coladas sobre cartão, excepto aquelas assinaladas, nos respectivos registos descritivos, como desprovidas desse suporte secundário. As medidas em centímetros correspondem a lado menor x lado maior do suporte primário (fotografia), exclusivamente.
Creation date
2/3/2012 11:57:22 AM
Last modification
8/28/2012 3:09:20 PM