Documentos fotográficos de formato 4,5x10,7 cm

Description level
Series Series
Reference code
PT/TT/JAL/007
Title type
Atribuído
Descriptive dates
[1906? - 1921]
Dimension and support
164 doc. fotográficos (negativos estereoscópicos, diapositivos estereoscópicos, vidro, p/b, 4,5x10,7 cm)
Custodial history
O histórico do acondicionamento dos documentos fotográficos desta série restringe-se (exceto nos raros casos em que o trajeto deles incluiu uma passagem por caixas nunca entregues à Torre do Tombo) às caixas identificadas com a seguinte convenção:



(NUNES) – indica que a caixa foi numerada pela Livraria Nunes, numeração que foi mantida por Ernesto Martins (de quem se adquiriu a maior parte deste acervo) e preferencialmente adotada pelo Arquivo Nacional de Fotografia, bem como pelo Centro Português de Fotografia. Caso o apelido compareça sozinho, sem indicação de correspondência com a numeração de Jorge de Almeida Lima, significa que este fotógrafo não chegou a numerar a caixa, nela existindo apenas a numeração da Livraria Nunes.
Scope and content
A maioria dos documentos fotográficos da presente série contém imagens referentes ao período de construção do Observatório Campos Rodrigues, entre 1906 e 1908, na então cidade de Lourenço Marques, capital da Colónia Portuguesa de Moçambique.

O militar, astrónomo e publicista Frederico Tomás Oom (1864-1930), genro de Jorge de Almeida Lima, foi o profissional incumbido de dirigir a construção e a instalação de aparelhos do citado Observatório moçambicano. É muito provável, portanto, que as fotografias dessa temática sejam da sua autoria, o que aliás é também evidenciado tanto pela incidência de descuidos e defeitos básicos que elas apresentam - uma constatação incompatível com a vasta experiência que Jorge de Almeida Lima tinha nessa época -, quanto pelo facto de não ser também deste último a caligrafia das identificações inscritas nas caixas com esta temática.

Na verdade, a ausência da mão de Jorge de Almeida Lima manifesta-se pelo menos em mais uma situação, pois um outro conjunto, que testemunha atividades de escoteiros, é talvez obra do seu neto mais velho, Frederico Jorge Oom (1899-1970), habitualmente dedicado ao registo deste movimento juvenil, como se verifica das imagens similares que ele produziu em outros formatos. Novamente a constatação de certos deslizes, sobretudo problemas na luminosidade das cenas, milita a favor desta atribuição.
Language of the material
Não aplicável.
Creation date
2/15/2019 3:03:07 PM
Last modification
4/26/2019 12:09:26 PM