Digital representation
Digital representation thumbnail
Available services

"Livro Novo"

Description level
Instalation unit Instalation unit
Reference code
PT/TT/CHR/A/1/480
Title type
Atribuído
Date range
1222 Date is certain to 1223 Date is certain
Dimension and support
1 liv. (71 f.); perg.
Custodial history
Em data ainda indeterminada, entre 1860 e 1864, José Manuel da Costa Basto trouxe vários códices do cartório do Governo Civil do Porto (pertencentes ao Mosteiro de Leça, ao Mosteiro de Paço de Sousa, ao Mosteiro de Grijó, ao Convento de São Francisco do Porto, ao Mosteiro de São Simão da Junqueira), do cartório do Governo Civil de Coimbra (pertencentes ao Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra), do cartório do Governo Civil de Viana (pertencentes ao Mosteiro de Santa Maria de Refóios de Lima), da Biblioteca Pública do Porto (pertencentes ao Mosteiro de Paço de Sousa, ao Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra), dos arquivos das Sés de Coimbra, e Viseu, dos Mosteiros de Lorvão e de Arouca, e do arquivo da Colegiada de Guimarães. Entre os códices trazidos do Governo Civil de Coimbra encontrava-se este códice que recebeu o n.º 1 quando foi integrado na Colecção Costa Basto.

Posteriormente, foi integrado no Núcleo Antigo, sendo-lhe atribuído o n.º 480, e depois no fundo respectivo, o da Chancelaria Régia, recebendo a cota Chancelaria de D. Afonso II, liv. 2.
Scope and content
Regista os forais referentes a Santa Cruz de Coimbra, Bailiado de Leça, Paço de Sousa, Grijó, São Francisco do Porto, São Simão da Junqueira, Lorvão, Sé de Coimbra, Viseu, Viana, Refóios de Lima, Porto, Arouca, Mumadona de Guimarães, Colegiada de Nossa Senhora de Guimarães. Livro designado por "Livro de Forais Antigos de Santa Cruz de Coimbra".

Antes do fólio inicial encontra-se encadernado um outro contendo o registo da carta de foro dada à vila de Ponte pela Rainha D. Teresa, filha do rei D. Afonso (Guimarães, Agosto, 1125) em carta de confirmação dada pelo rei D. Afonso II, sua mulher D. Urraca, e pelos filhos de ambos, D. Sancho, D. Afonso e D. Leonor, munida de selo de chumbo e datada de Guimarães, Agosto, 1217.
Access restrictions
Documentação sujeita a autorização para a consulta e a horário restrito.
Physical location
Chancelaria régia, Chancelaria de D. Afonso II, liv. 2
Previous location
Forais antigos, mç. 12, n.º 4; Núcleo Antigo 480; Colecção Costa Basto, 1
Language of the material
Latim
Other finding aid
FARINHA, Maria do Carmo Jasmins Dias; Ó RAMOS, Maria de Fátima Dentinho - Núcleo Antigo: Inventário. Lisboa: AN/TT, 1996. (Instrumentos de Descrição Documental). ISBN 972-8107-20-X. p. 12. Acessível na Torre do Tombo, IDD L 574.
Alternative form available
Cópia microfilmada. Portugal, Torre do Tombo, mf. 1372
Related material
Portugal, Torre do Tombo, Chancelaria régia, Chancelaria de D. Afonso II, liv. 1
Publication notes
Vilar, Hermínia Vasconcelos - D. Afonso II : um rei sem tempo. dir. Roberto Carneiro ; coord. científica Artur Teodoro de Matos, João Paulo Oliveira e Costa. - 1.ª ed. - [Lisboa] : Círculo de Leitores, imp. 2005. ISBN 972-42-3441-X. Portugal, Torre do Tombo, Biblioteca 94(469).
Notes
No estudo publicado por Hermínia Vilar, descrito no elemento de informação "Nota de publicação", a Autora escreve "[...] conhecemos dois exemplares do registo, embora o segundo seja normalmente identificado como uma cópia feita posteriormente, cópia essa que recolhe a quase totalidade dos documentos coligidos no primeiro, à excepção de 23 que não se encontram no segundo livro, mas aos quais acrescenta cinco outros. Escrito por uma única mão, provavelmente a do notário Domingos Pires, é possível pensar que a sua produção decorreu no interior do mosteiro crúzio, já que aí foi conservado, na esteira, aliás, do que aconteceu com o caderno X do registo original, todo ele preenchido com confirmações de doações régias a este mosteiro e igualmente elaborado por uma única mão, muito provavelmente no 'scriptorium' de Santa Cruz. [...] pelo que a sua feitura poderá, à semelhança do que acontece com alguns documentos isolados oriundos deste reinado, responder à preocupação de preservação de diferentes cópias em diversos locais, com realce, para o Mosteiro de Santa Cruz, centro de produção da documentação e possível arquivo régio. [...] quando se inicia a cópia do registo para o chamado "Livro Novo", já o original está praticamente encerrado [...]" (p. 169).

O documento integra a exposição virtual publicada no sítio do Arquivo Nacional da Torre do Tombo, intitulada "Inquirições Régias de 1220". [Em linha]. [Consult. 16 Out. 2020]. Disponível em WWW:
Creation date
2/8/2008 12:00:00 AM
Last modification
4/10/2024 10:04:39 AM