Inventário de extinção do Convento de Santa Clara de Amarante do Porto

Description level
File File
Reference code
PT/TT/MF-DGFP/E/002/00095
Title type
Formal
Date range
1856 Date is certain to 1928 Date is certain
Dimension and support
1 proc.; papel
Scope and content
O Convento estava situado na vila de Amarante. Foi extinto por Decreto de 6 de Maio de 1862, em virtude de não ter o número legal e canónico de religiosas exigido, existindo apenas a religiosa professa, Ana Augusta de Lacerda. Foi concedida à religiosa uma pensão mensal de 20.000 rs., a ser paga pelos rendimentos do Convento. A religiosa Ana Augusta de Lacerda foi viver para o Convento de Santa Clara, da cidade do Porto, no qual já se encontrava, em 30 de Dezembro de 1863.

Contém o inventário dos foros pertencentes ao suprimido Convento impostos em prédios, situados no concelho de Celorico de Basto, distrito de Braga, organizado por Adelino Augusto da Mota Felix, empregado em comissão da Direcção Geral da Estatística e dos Próprios Nacionais (1902).

Contempla a 1.ª parte e a 2.ª parte dos inventários dos foros, censos, pensões e quinhões, pertencentes ao suprimido Convento organizados por Adelino Augusto da Mota Felix, empregado extraordinário da Direcção Geral da Estatística e dos Próprios Nacionais (Outubro - Novembro de 1901), de foros impostos em prédios situados nos concelhos de Marco de Canaveses e Penafiel, organizado por Adelino Augusto da Mota Felix (Fevereiro de 1902).

Inclui relações referentes a foros impostos em propriedades situadas no concelho de Amares, listas para arrematação de foros e propriedades rústicas e urbanas - pertencentes ao Seminário Diocesano de Évora, ao Cabido da Sé de Évora, ao Seminário Patriarcal de Santarém, ao Convento de religiosas de Santa Clara de Portalegre, ao Seminário Episcopal de Coimbra, ao suprimido Convento de Santa Clara de Amarante (1863) -, entre outros (impressas).

Compreende o livro da relação geral de todos os bens imobiliários do suprimido Convento de organizada em face dos respectivos livros do mesmo Convento. Este inventário, descreve e avalia os bens imóveis e móveis, dos concelhos de Felgueiras, Marco de Canaveses, Penafiel, entre outros do Distrito do Porto. Nele se refere que o edifício do Convento foi incendiado por ocasião das invasões francesas, uma parte foi reedificada, e outra ficou em ruínas. Foi arrematado junto com a cerca, em hasta pública, por António Pinto de Novaes pela quantia de 2:253.000 reis, em 17 de Setembro de 1866.

A igreja e a sacristia, foram arrematadas em hasta pública, por José Monteiro da Silva, por 600.000 reis, em 26 de Setembro de 1883.

Reúne mapa dos bens e rendimentos do Convento (propriedades rústicas e urbanas), assinado por José Teixeira Rego, escrivão de Fazenda, em 14 de Janeiro de 1859, inventário dos bens do extinto Convento relativo ao concelho de Felgueiras, por João Maria Calheiros de Mirada, escrivão da Fazenda (1897-1898).

Contempla a cópia de dois cadernos de inventários da descrição das alfaias e mais objectos pertencentes ao culto divino, participaram Manuel José Ribeiro dos Santos, comissionado do escrivão da Fazenda, o abade de Candemil e arcipreste do concelho de Amarante, José Joaquim da Costa Pinheiro, e a prelada vigária "in capite" D. Maria Benedita de Santa Ana, aos 25 de Setembro de 1858.

Reúne cadernos da descrição e avaliação do edifício do Convento e anexos, e dos bens móveis, dos padrões de Crédito Público, livros - das propriedades foreiras ao convento, testamentos, legados, prazos (1632), títulos e prazos, mapas das dívidas, das conventuais, auto de louvação da igreja, do extinto Convento, e cerca.

Integra a cópia do termo da recepção do edifício, bens, livros, títulos, alfaias e mais objectos pertencentes ao suprimido Convento (1862), bem como o inventário adicional, da Junta da Paróquia da freguesia de São Gonçalo (1883), entre outros.

Inclui documentação de D. Emília da Conceição Pinto Cerqueira Montenegro, condessa do Marco de Canaveses, e de seu irmão Albino Pinto Cerqueira Montenegro: apelação cível, no Tribunal da Relação do Porto (1896-1899).
Physical location
Ministério das Finanças, Convento de Santa Clara de Amarante do Porto, cx. 2021 e 2022
Original numbering
IV/A/7 (2) a IV/A/8 (19) - caixa 124 e 124-A
Language of the material
Português
Notes
Nota ao elemento de informação "Cota Original":

Falta o documento com a cota IV/A/7(1).



Em 2008, a descrição foi elaborada por Maria Filomena de Sequeira Carvalho (Torre do Tombo) a partir da consulta do documento.
Creation date
3/19/2009 12:00:00 AM
Last modification
7/11/2016 1:38:27 PM